quarta-feira, 11 de abril de 2012

ORDENAÇÃO DE MULHERES ASSEMBLEIANAS À PASTORAS E EVANGELISTA



De acordo com noticias da mídia evangélica, sobre a ordenação de mulheres assembleianas à pastoras e evangelistas na Convenção das Assembléias de Deus no Distrito Federal.
Faço um breve comentário sobre o fato.
O que foi publicado:
“Contrariando a resolução da Assembléia Geral Ordinária da CGADB, realizada de 15 a 19 de janeiro de 2001 em Brasília, após discussão em plenário sobre a ordenação de pastoras nas Assembléias de Deus no Brasil, onde entre cerca de 2.500 ministros presentes, apenas três votaram a favor (cf. Daniel, Silas. História da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil. Rio de Janeiro: CPAD, 2004, p. 633), e parafraseando a declaração de Paulo a Timóteo (1 Tm 4.12) ao afirmar "Ninguém despreze a tua feminilidade", o pastor Sóstenes Apolo, presidente da CEADDIF - Convenção das Assembleias de Deus no Distrito Federal, presidiu uma solenidade com a ordenação de pastoras e evangelistas assembleianas. Dentre as ordenadas estava a ex-ministra e candidata à presidência da República, Marina Silva”.
Quanto a questão de ordenação de mulheres é fato que ainda que não oficialmente as mulheres assembleianas  ocupa um papel  muito importante no ministério,seja através da oração e também do evangelismo.
Sem querer generalizar,existem esposa de pastores que manda mais que o pastor.
Só não pode virar um caso político-eclesiástico,não podemos fazer do exemplo de Brasília uma norma e sair consagrando ex-candidata a presidente a pastora.Se a moda pega quem será a próxima a ser consagrada a pastora, será a cantora famosa?
Nos dias atuais estão dando muito valor aos famosos.
O perigo que aconteceu com a igreja romana em misturar igreja com o Estado, pode vir a acontecer com a igreja contemporânea.
No inicio da matéria diz:Contrariando a resolução...
Quantas coisas te sido contrariadas...quantas resoluções desfeitas...
Muitos fatos ainda estão por vir.
Estamos aguardando um posicionamento da CGADB,
Deus tenha misericórdia de nós!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário: