quinta-feira, 6 de junho de 2013

Manifestação dos Evangélicos Em Brasília...A Distorção Dos Fatos.

manifetação Aproximadamente 70 mil evangélicos se reuniram em frente ao Congresso Nacional em Brasília em uma  manifestação publica, pela liberdade de expressão, defesa da vida, (contra o aborto) e a liberdade religiosa.

Fiquei até tarde da noite esperando para ver se algum telejornal dava alguma notícia da manifestação dos evangélicos em Brasília, o que vi foi menos que trinta segundos de reportagem na globo, os demais foram tão rapidinhos que quase passou desapercebidos. Os noticiários da televisão ignoraram quase que totalmente o evento, como que querendo calar a voz do povo e, jogar no esquecimento este evento que representa a opinião de mais de 42 milhões de evangélicos e de outros tantos milhões de católicos do nosso país.

Às 19h33, o Estadão Online publicou um texto a respeito, de autoria de Eduardo  Bresciani. O título é este: “Em ato contra gays, Silas Malafaia diz que união homoafetiva é crime”.

É de se estranhar o titulo acima, até porque não se ouve em nenhum momento que este manifesto tinha em sua pauta o ato contra os gays. O jornal é preconceituoso em sua matéria. O repórter tenta desmerecer e ridicularizar o manifesto, dizendo; que houve tumulto no evento, fato que que não é verdade, o que ocorreu foi um incidente com respeito a um dos manifestantes ter levado uma bandeira de sua igreja, o que não era este o objetivo do evento, divulgar o nome de igrejas; a igreja mencionada era a do Evangelho Quadrangular. O incidente foi resolvido e o pastor foi convidado a subir na tribuna do evento sem maiores constrangimentos.

Grande parte da imprensa é declaradamente contra os evangélicos. Podemos ver isto em que manifestações onde meia dúzia de ativistas gays fazem manifestos e, badernas em reuniões das comissões dos direitos humanos.Os Telejornais ocupam grande parte do tempo noticiando,como se isto fosse algo muito importante para a população.

No entanto quando estes ativistas gays invadem igrejas e zombam dos símbolos cristãos, eles se calam.

O que os evangélicos foram fazer em Brasília foi; exercer o direito da liberdade de expressão e da sua crença; direito este garantido pela constituição brasileira no seu artigo V. Foram ali exercer o direito de protestar contra o aborto, em favor da vida. Foram em Brasília protestar contra a união homoafetiva e manifestar seu apoia ao que a maioria dos cristãos desejam; que é a família tradicional; o casamento de homem com a mulher.Não foram a Brasília para fazer manifesto contra os gays como o jornal noticiou.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário: