segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

MEU PAPAI NOEL ME DEIXOU SOZINHO


Recordo com um misto de alegria, tristeza e muitas saudades, da minha infância.

Principalmente de meu pai. Lembro-me da época natalina, do esforço do meu saudoso e querido pai em presentear, eu e meus nove irmãos.

Um presente que nunca me esqueço, foi um tênis de muito sucesso na época, o “BAMBA” da Alpargatas. Não consigo saber até hoje como meu pai comprava presentes para mim e meus nove irmãos, pois nós éramos muito pobre, meu pai era um pedreiro muito trabalhador e com onze anos eu era seu ajudante.

Era meu inseparável companheiro e amigo, com ele aprendi tudo o que se relaciona a caráter e amor á família, seu exemplo de pai marcou toda a minha vida.

Mas voltando ao foco da experiência do natal em minha vida, com o passar do tempo na década de 60. As coisas foram ficando mais difícil e meu pai já não podia nos dar mais presentes, foi então que nós víamos os nossos colegas mais abastado fazendo seu pedido ao “PAPAI NOEL”, e diziam: que para ganhar presentes tinha que fazer o pedido e colocar num bilhete dentro de um sapato e pôr na janela, que o “PAPAI NOEL” pegava os pedidos e na noite de Natal nos trazia o presente.

Grande foi a minha tristeza quando eu coloquei o meu “Bamba” na janela, e além dele não levar meu pedido, ainda estava lá dentro uma surpresa não muito agradável.

Nesta época deixei de acreditar em “PAPAI NOEL", passei á acreditar que ele, só atendia os mais afortunados. Nesta fase de minha vida, o encanto e a beleza do Natal morreu para mim, junto com meu pai, que foi de repente e prematuramente recolhido aos cinquenta e um anos de idade.

Muitas revoltas invadiu o meu coração, principalmente pela falta de meu companheiro e amigo; o meu pai. Meu “PAPAI NOEL” me deixou sozinho.

Perdi o meu amado “PAPAI NOEL”; o meu paizinho querido, mas ganhei o melhor pai que alguém pode ter; O MEU DEUS PAI E SENHOR.

Foi então que eu conheci meu verdadeiro “PAPAI NOEL”, que é meu Salvador Jesus, então compreendi o verdadeiro sentido do Natal, que é o nascimento de JESUS em Belém de Judá para nos salvar e curar as feridas do passado e que ele também nasce em nossos corações.

Hoje JESUS é o meu MELHOR presente!

Meu Jesus é dos ricos e também dos pobres, basta simplesmente aceita-lo pela fé.

Posso te dizer com muita alegria:

Feliz Natal!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário: