quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

PL 122 É ANEXADA À PROPOSTA DA REFORMA DO CÓDICO PENAL – VITÓRIA DA BANCADA EVANGÉLICA

untitledO Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (17), com 29 votos favoráveis, 12 contrários e 2 abstenções, requerimento do senador Eduardo Lopes (PRB-RJ) para que o projeto que criminaliza a discriminação de homossexuais (PLC 122/2006) seja apensado à proposta de reforma do Código Penal (PLS 236/2012).  O senador Eduardo Lopes destacou que o Código Penal já trata do assunto ao tipificar criminalmente a intolerância, o racismo e todo tipo de violência. Ele explicou que, por versarem sobre temas correlatos, não há sentido para que as proposições tramitem separadamente. Em apoio a Eduardo Lopes, o senador Magno Malta (PR-ES) disse que a criminalização da homofobia depende da tipificação desse crime no Código Penal, o que justifica o apensamento. Os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Paulo Paim (PT-RS) se manifestaram contrários ao requerimento por acreditarem que a tramitação conjunta enfraquecerá o debate da criminalização da homofobia.

Durante as ultimas semanas o projeto estava sendo debatido na CDH, mas o governo mandou cancelar varias vezes, para serem apreciadas e votadas só depois das eleições de 2014, mas em um esforço conjunto da bancada evangélica e outras lideranças que tinham a mesma ideologia, conseguiram colocar em votação. Com este resultado, que foi uma grande derrota para os ativistas gays, muda por completo os planos do governo petista para a próxima eleição. Logico que a luta não terminou, mas é sem duvida uma grande conquista para a família brasileira.

Uma pergunta que faço ao povo evangélico que ficou encantado com a enganação do “Festival Promessas” da Globo no domingo, com queda de audiência em torno dos 60% em relação à estréia. Uma cantora gospel disse e muitos acreditaram: Que a “Rede globo glorifica á Jesus”. Com isto a Globo faturou mais de 200 milhões pela divulgação do DVD do evento. A pergunta é: Porque se a Globo glorifica a Deus, ela simplesmente ignorou esta noticia da PL122 que é de grande relevância, não só para o povo evangélico mas, para toda a família brasileira? Não só a Globo, mas grande parte da mídia se calaram diante do fato.  Resta agora ao povo evangélico ficar bem atento como votar na próxima eleição e dar uma olhada na lista abaixo e ver quem votou e como votou.

Veja a lista da votação:

Votos a favor do apensamento: 
 Alfredo Nascimento AM/PR
Aloysio Nunes SP/PSDB
Álvaro Dias PR/PSDB
Ana Amélia RS/PP
Blairo Maggi MT/PR
Cassio Cunha Lima PB/PSDB
Cícero Lucena PB/PSDB
Cristovam Buarque DF/DF
Cyro Miranda GO/PSDB
Eduardo Lopes RJ/PRB
Eunício Oliveira CE/PMDB
Flexa Ribeiro PA/PSDB
Jader Barbalho PA/PMDB
João Durval BA/PDT
João Vicente Claudino PI/PTB
José Agripino RN/DEM
Lindberg Farias RJ/PT
Magno Malta ES/PR
Mozarildo Cavalcanti RR/PTB
Paulo Bauer SC/PSDB
Pedro Taques MT/PDT
Ricardo Ferraço ES/PMDB
Rodrigo Rollemberg DF/PSB
Ruben Figueiró MS/PSDB
Sérgio Petecão AC/PSD
Sérgio Souza PR/PR
Vital do Rêgo PB/PMDB
Waldemir Moka MS/PMDB
Wilder Morais GO/DEM 

Votaram contra o apensamento: 

 Ana Rita ES/PT
Antônio Carlos Rodrigues SP/PR
Antônio Carlos Valadares SE/PSB
Eduardo Suplicy SP/PT
João Capiberibe AP/PSB
Jorge Viana AC/PT
Lídice da Mata BA/PSB
Paulo Davim RN/PV
Paulo Paim RS/PT
Pedro Simon RS/PMDB
Randolfe Rodrigues AP/PSOL
Roberto Requião PR/PMDB Abstenção: José Pimentel CE/PT
Vanessa Grazziotin AM/PCdoB 

Fonte: Agência Senado













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seu comentário: