sexta-feira, 13 de março de 2015

O Caos Na Saúde Pública e Os Bons Profissionais da Saúde.

Em meio ao caos na saúde no Brasil e todo o sofrimento do povo brasileiro com o infortúnio desta péssima situação, que encontramos; como a falta de médicos e equipamentos básicos para o atendimento aos pacientes, que se amontoam nos corredores dos hospitais e prontos-socorros públicos.

Quero neste post enaltecer o trabalho heroico dos profissionais da saúde da UBS do Jd das Indústrias em São José dos Campos- SP; o Dr Aerson, a Gerente Ângela, a enfermeira Silvia, a auxiliar de enfermagem Margareth, aos recepcionistas: Denilce, Mateus e Mariane.

Sou um critico deste sistema falido de gestão petista principalmente no que tange a área da saúde em nosso país, mas não posso jamais ser ingrato com os profissionais da saúde, mesmo sendo tão desvalorizado por este governo. No entanto levam sua profissão como um sacerdócio, mesmo muitas das vezes quase sem condições de trabalho procuram na medida do possível dar um atendimento humano aos pacientes.

Nesta ultima sexta-feira, dia 6 de Março fui acometido de fortes dores no peito e crise hipertensiva, quando fui levar alguns resultados de exames ao Dr Aerson, médico da UBS. Devido ao grau de risco de um infarto do miocárdio o Clinico geral, com a equipe da UBS acionou a ambulância do SAMU, que nos encaminhou ao setor de emergência do Pronto Socorro Municipal de São José dos Campos.
Estava com desconforto no peito, pressão, peso, aperto, ardor, e sensação de choque.  Localizada no centro do peito, costas, pescoço, e ombros. A irradiação da dor ocorria, para os braços, ombros e pescoço. 

Foi então que soube que a angina é normalmente ativada por excesso de stress emocional, esforço físico e principalmente fortes emoções. Normalmente dura cerca de 1 a 5 minutos, e é acalmada pelo descanso ou medicação específica. O exame que levei primeiro para analise do Dr Aerson deu como hipertrofia atrial esquerda.

Depois do atendimento emergencial que durou cerca de doze horas e ser diagnosticado uma angina pectoris, fui encaminhado ao acompanhamento de um cardiologista.

Na segunda-feira voltei a UBS do Jd das indústrias para agradecer aos cuidados e carinho a mim prestado, sou grato primeiramente a Deus e a esses abnegados profissionais da saúde.


Agradeço a Deus por mais este grande livramento. Não poderia deixar de agradecer ao carinho da minha filha Helen que me acompanhou em todo o momento em que estive internado, agradeço ao meu genro André que foi o primeiro a chegar à UBS e esteve ali ao meu lado com palavras animadoras. 

Não esquecendo, de minha esposa Ruth, também meus filhos Herivelton, nora Anelisse, filha Erika e genro Max, minha neta Bruna e Lucas, que tem demostrado grande cuidado, amor e carinho por mim.

2 comentários:

  1. A paz do Senhor, Irmão José Costa.

    Fiquei contente com sua visita. Estava começando a ler minha Bíblia, quando me lembrei de corrigir uma coisa em meu blog. Daí, li todo conteúdo do seu comentário. Eu pesava 70kg e praticava corrida. Casei, parei, comprei carro, muito trabalho... fui de 70 a 100 em uns quatro anos. Voltava o peso, subia de novo... o tal efeito sanfona. Ainda estou acima dos 90 kg, mas faço caminhadas, e desço longe do meu trabalho, há uns 12 anos. Estou chegando nos 60 anos, ainda sem medicamentos de uso continuado. Sabe, irmão José Costa, algo me diz que o Sr. parou de fazer exercícios físicos. Com paciência, comece e vá aumentando o tempo bem devagar, naturalmente, se o médico aconselhar. Se isto for possível, em um seis meses meu irmão estará bem melhor. Nós temos um corpo que é o santuário do Espírito Santo, com um pouquinho de tempo, dá para dar uma melhorada nele. Desejo de coração, sinceras melhoras. O Senhor é o Deus que te cura!

    Abraço,

    Irmão João Batista Cruzué

    ResponderExcluir
  2. Amém irmão João Batista, agradeço os teus conselhos e a mensagens de melhoras. Estou realmente há muito tempo sem fazer caminhada, nestes dias estarei fazendo o exame ergométrico e acredito que o cardiologista, estará me indicando o exercício que devo fazer, e depois deste susto tenho que passei irei recomeçar o meu tratamento junto com os exercícios e caminhadas. Grato por tuas palavras.

    ResponderExcluir

Faça seu comentário: